InícioBlogPortalFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Van Gogh – Cartas a Théo IV

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Neide
Socio do fórum
Socio do fórum
avatar

Número de Mensagens : 203
Idade : 41
Localização : Santos - SP
Reputação : 0
Pontos : 3424
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Van Gogh – Cartas a Théo IV   Seg Dez 22, 2008 8:53 pm

Mas Cartas nos contam também de suas múltiplas alegrias. Alegrias das cores, da luz; alegria por finalmente instalar uma casa, a “casa dos amigos”, iluminada por uma decoração em que o dominante é a cor da pura afeição, o amarelo triunfal, alegria em ver chegar o primeiro dos amigos, Gauguin. Apenas uma destas cartas talvez deixe entrever a iminente catástrofe. A seguir a correspondência cessa bruscamente – para só reiniciar quinze dias mais tarde. É que, neste intervalo, estourou o drama. Na noite de Natal, Vincent lançou seu copo à cara de Gauguin. À noite, ele decepa um pedaço de sua orelha e leva-a, bem embalada, para o outro vértice deste amargo triângulo amoroso: uma prostituta do bordel que ele freqüentava. Vincent está louco.
Conduzem-no ao hospital (em Arles). E lá, entre duas crises, este homem surpreendente reencontra seu gênio, e pinta.



Pinturas correspondentes ao período em que estava internado em Arles




Óleo – Auto-Retrato com Bandagem na Orelha (Arles, janeiro 1889)



Óleo – Noite Estrelada Sobre Rhone (setembro, 1888)

Óleo – Jardim Florescendo com Caminho (julho, 1888)



Óleo – O Semeador (outubro,1888)



Óleo – Enfermaria no Hospital em Arles (abril de 1889)



Óleo – Retrato do Doutor Felix Rey (Arles, janeiro 1889)
A 7 de janeiro, ele retorna para casa. Mas lá, revê apenas sombras, primeiro a sua própria; a seguir, a do amigo que partiu. E a vida torna-se então dolorosa. Alucinações se sucedem, obcecam-no, aterrorizam-no. Ele é possuído pelo pior dos sofrimentos: a angústia. As Cartas tornam-se pungentes.
Perseguido em Arles por uma população que agora o teme e se assusta à sua vista, perseguido pela angústia da próxima crise, ele se decide, sob os insistentes conselhos de Théo e do pastor Salles, a entrar no asilo de Saint-Rémy.
.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://enochhaym.blogspot.com
 
Van Gogh – Cartas a Théo IV
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A Vida nas Cartas - O Dilema
» Cartas da Alma
» Cards Saint Seiya
» #002 - Pescando a primeira carta!
» [Galeria] - Jogo de Cartas

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Agora é Rock! :: Leitura :: Outros-
Ir para: